Etiqueta à mesa faz parte de sua imagem pessoal, você conhece as regras?

Etiqueta à mesa faz parte de sua imagem pessoal, você conhece as regras?

Por: Priscila Avelar – Prisence Consultoria de Imagem Pessoal e Corporativa

Formamos nossa marca pessoal no dia a dia, através de nossos comportamentos, atitudes, vestimenta, postura nas redes sociais e, dentre outros fatores, devemos também considerar a etiqueta à mesa com muita atenção e cuidado.

Para um almoço de negócios, além da preocupação com a roupa e com os acessórios adequados ao local e ao horário, é fundamental que você saiba como se portar ao longo do almoço, lidar com talheres, guardanapos, assuntos tratados e tudo mais que acontece nesta ocasião.

É claro que as recomendações de como se portar à mesa podem ser observadas em qualquer situação, seja em um café com as amigas ou em um jantar com o namorado/a ou marido/esposa. Certamente, saber como agir nestas situações fará com que você cause uma excelente impressão, especialmente, caso esta seja a primeira.

Claudia Matarazzo, especialista em protocolos e comportamento, afirma em seu livro Etiqueta sem frescura – “…no que diz respeito à etiqueta, as regras existem para facilitar nossa vida e não para complicar. São formas de comportamento testadas e modificadas através dos séculos para que o entendimento entre as pessoas possa fluir com mais naturalidade. Seguindo algumas diretrizes básicas, a chance de vivermos melhor é muito maior do que se inventarmos novos códigos de comportamento que só farão comprometer o equilíbrio de nossas relações.”

Com essa afirmação, fica muito mais claro a importância de seguir as formalidades de etiqueta e porque elas são tão importantes, imagine só a falta dessas orientações e cada um vivendo ao modo que lhe convém, sem respeito às escolhas, direitos e deveres do próximo. Imagine só o caos!

Considerando a postura à mesa confiram algumas dicas mais comuns e que já fazem toda diferença:

• Guardanapo de papel deve ficar na mesa, ao lado do prato e guardanapo de pano no colo;
• Ordem dos talheres – se houver mais do que um, comece de fora para dentro;
• Em buffet servir-se de pequenas porções e não fazer um prato imenso;
• Posição da faca no prato durante a refeição – ao lado do prato, sobre a mesa ou apoiada no prato;
• Atenção ao tom de voz para que as demais mesas não ouçam a conversa;
• Coma no mesmo ritmo dos outros, para não terminar muito rápido ou que todos tenham que te esperar comer sozinho;
• Quer sair da mesa, não precisa anunciar e nem dizer o que vai fazer peça licença e saia;
• Evite perfumes fortes;
• Procure não falar sobre doença, depressão, política, religião, assuntos polêmicos em geral;
• Seja pontual e avise caso irá se atrasar.

O que não pode:

• Avançar no couvert ou nos pães de entrada;
• Soprar o alimento para esfriar, espere a temperatura baixar;
• Misturar toda a comida;
• Usar o palito de dente em público, se necessário, pegue o palito discretamente e vá a um banheiro (ou use um fio dental);
• Cortar macarrão de fio longo (espaguete, talharim) com faca, enrole no garfo;
• Levar a boca ao garfo, mas o garfo à boca;
• Comer de boca aberta ou fazendo barulho;
• Beber ou falar com a boca cheia;
• Gesticular com os talheres na mão;
• Cotovelo à mesa;
• Frases como – “estou cheia/o”, “estufada/o”, simplesmente diga, “estou satisfeita/o”;
• Começar a comer antes da anfitriã/anfitrião a menos que ela/ele peça;
• Retocar a maquiagem;
• Usar o celular ou avisar com antecedência se estiver esperando uma ligação urgente.

Com estas orientações já é possível saber como se portar em um almoço com seus clientes e parceiros de negócios. Você vai causar uma ótima impressão e irá aprimorar sua marca pessoal!

Você já passou por alguma situação que não soube lidar durante um almoço ou jantar de negócios? Conta pra gente!

Por: Priscila Avelar – Prisence Consultoria de Imagem Pessoal e Corporativa

Formamos nossa marca pessoal no dia a dia, através de nossos comportamentos, atitudes, vestimenta, postura nas redes sociais e, dentre outros fatores, devemos também considerar a etiqueta à mesa com muita atenção e cuidado.

Para um almoço de negócios, além da preocupação com a roupa e com os acessórios adequados ao local e ao horário, é fundamental que você saiba como se portar ao longo do almoço, lidar com talheres, guardanapos, assuntos tratados e tudo mais que acontece nesta ocasião.

É claro que as recomendações de como se portar à mesa podem ser observadas em qualquer situação, seja em um café com as amigas ou em um jantar com o namorado/a ou marido/esposa. Certamente, saber como agir nestas situações fará com que você cause uma excelente impressão, especialmente, caso esta seja a primeira.

Claudia Matarazzo, especialista em protocolos e comportamento, afirma em seu livro Etiqueta sem frescura – “…no que diz respeito à etiqueta, as regras existem para facilitar nossa vida e não para complicar. São formas de comportamento testadas e modificadas através dos séculos para que o entendimento entre as pessoas possa fluir com mais naturalidade. Seguindo algumas diretrizes básicas, a chance de vivermos melhor é muito maior do que se inventarmos novos códigos de comportamento que só farão comprometer o equilíbrio de nossas relações.”

Com essa afirmação, fica muito mais claro a importância de seguir as formalidades de etiqueta e porque elas são tão importantes, imagine só a falta dessas orientações e cada um vivendo ao modo que lhe convém, sem respeito às escolhas, direitos e deveres do próximo. Imagine só o caos!

Considerando a postura à mesa confiram algumas dicas mais comuns e que já fazem toda diferença:

• Guardanapo de papel deve ficar na mesa, ao lado do prato e guardanapo de pano no colo;
• Ordem dos talheres – se houver mais do que um, comece de fora para dentro;
• Em buffet servir-se de pequenas porções e não fazer um prato imenso;
• Posição da faca no prato durante a refeição – ao lado do prato, sobre a mesa ou apoiada no prato;
• Atenção ao tom de voz para que as demais mesas não ouçam a conversa;
• Coma no mesmo ritmo dos outros, para não terminar muito rápido ou que todos tenham que te esperar comer sozinho;
• Quer sair da mesa, não precisa anunciar e nem dizer o que vai fazer peça licença e saia;
• Evite perfumes fortes;
• Procure não falar sobre doença, depressão, política, religião, assuntos polêmicos em geral;
• Seja pontual e avise caso irá se atrasar.

O que não pode:

• Avançar no couvert ou nos pães de entrada;
• Soprar o alimento para esfriar, espere a temperatura baixar;
• Misturar toda a comida;
• Usar o palito de dente em público, se necessário, pegue o palito discretamente e vá a um banheiro (ou use um fio dental);
• Cortar macarrão de fio longo (espaguete, talharim) com faca, enrole no garfo;
• Levar a boca ao garfo, mas o garfo à boca;
• Comer de boca aberta ou fazendo barulho;
• Beber ou falar com a boca cheia;
• Gesticular com os talheres na mão;
• Cotovelo à mesa;
• Frases como – “estou cheia/o”, “estufada/o”, simplesmente diga, “estou satisfeita/o”;
• Começar a comer antes da anfitriã/anfitrião a menos que ela/ele peça;
• Retocar a maquiagem;
• Usar o celular ou avisar com antecedência se estiver esperando uma ligação urgente.

Com estas orientações já é possível saber como se portar em um almoço com seus clientes e parceiros de negócios. Você vai causar uma ótima impressão e irá aprimorar sua marca pessoal!

Você já passou por alguma situação que não soube lidar durante um almoço ou jantar de negócios? Conta pra gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *