A importância da humanização das redes sociais

A importância da humanização das redes sociais

A humanização das redes sociais é necessária para se criar relacionamentos duradouros e que efetivamente tragam resultados.

A internet possibilita a interação e comunicação de pessoas, no entanto, a automação dessas relações cria uma distância entre a empresa e o consumidor.

Apesar da praticidade e dos objetivos nobres em oferecer serviços através de canais automatizados, nos quais os relacionamentos se dão entre homens e máquinas, nada melhor e mais favorável do que a interação humana nessas plataformas.

A humanização das redes sociais é o que faz realmente diferença, possibilitando bons negócios e a fidelização dos clientes. Continue lendo nosso post e saiba mais sobre esse interessante assunto!

As redes sociais no mundo virtual

A definição para a rede social tem por base a conexão de pessoas e empresas que têm um objetivo comum e possibilitar o relacionamento entre elas.

As redes sociais, portanto, sempre existiram, uma vez que viver em sociedade faz parte das características humanas.

No mundo virtual isso também aconteceu, e a partir de 1979 começaram a surgir as primeiras redes.

Algumas surgiram, fizeram muito sucesso e desapareceram porque foram incorporadas por empreendimentos de maior porte ou por não terem seguido as tendências do mercado, enquanto outras continuaram suas caminhadas.

Talvez você se lembre ou esteja inscrito em algumas dessas:

  • LinkedIn,
  • Orkut,
  • Facebook,
  • YouTube,
  • Twitter,
  • Instagram,
  • Google+.

As empresas e as redes sociais

As redes sociais nasceram com o objetivo de atender as pessoas físicas, onde informações eram trocadas com facilidade e a possibilidade de divulgar instantaneamente informações a milhares de pessoas se tornou uma realidade.

Isso foi percebido pelas empresas.

Com isso, mudanças ocorreram e as diversas plataformas abriram espaço para os negócios e relacionamentos entre empresas e usuários, pois passaram a vender publicidade em um novo e poderoso canal de comunicação que havia acabado de surgir.

A humanização das redes sociais

Atualmente, milhares de empresas utilizam as redes sociais como canal de comunicação com o seu público.

Através dessas mídias são oferecidos produtos, serviços, prêmios, bonificações e todo tipo de interação que possibilitem a fidelização de clientes e, como consequência, o aumento de vendas e faturamento.

No entanto, as pessoas cada vez mais procuram por relações virtuais em que possam opinar, criticar e sugerir, e mais do que isso, em que obtenham retorno a partir de suas manifestações.

As empresas que conseguem dar esse feedback estão buscando a humanização das redes sociais, isto é, a troca de informações acontecem entre pessoas e o que foi apresentado por um lead ou cliente é tratado com atenção e respondido.

O mercado vem valorizando cada vez mais esse tipo de relacionamento, pois a surpresa de interagir com uma máquina ou computador já foi vencida e o que se espera é um atendimento personalizado.

Como implantar a humanização das redes sociais?

Os consumidores gostam de saber que existem pessoas atuando e dispostas a ajudá-las por trás das plataformas virtuais.

Isso significa que uma solicitação, reclamação ou sugestão será lida, ouvida, avaliada e, a partir de uma análise, um retorno será apresentado a respeito da questão levantada.

Afinal, lá do outro lado existem pessoas com sentimentos e que convivem com as mesmas situações da realidade humana e isso aproxima as pessoas.

Para implantar a humanização das redes sociais, sua empresa precisa:

  • oferecer conteúdos relevantes,
  • atender bem todos os contatos,
  • responder a todos os comentários,
  • reconhecer e pedir desculpas por enganos e erros,
  • mostrar que sua empresa é feita por gente e apresentá-los,
  • valorizar clientes.

Agora que você já sabe que é necessário a humanização das redes sociais, mas ainda tem dificuldades para implantar esse formato em sua empresa, contate a Recriativi e conte com nossos serviços, pois somos especialistas nesse tipo de relacionamento.