Quero criar um site para a minha empresa. Como começar?

Quero criar um site para a minha empresa. Como começar?

Sabemos que nos dias de hoje é fundamental para todas as empresas estarem representadas na internet e se você tem a intenção de criar um site para o seu negócio, mas não sabe direito por onde começar, este texto pode te ajudar.

O primeiro passo para criar um site é escolher qual será o “nome” dele, que neste caso chamamos de “domínio”.

Em geral é possível utilizar o nome fantasia da empresa, mas é interessante preparar uma lista com algumas opções, caso o nome da empresa não esteja disponível para registro.

Escolha a terminação do endereço do site

Depois de realizar uma pesquisa para saber se o domínio está disponível, devemos escolher a terminação do endereço do site.

Pode ser “.br”, “.com”, “.org” ou diversas outras opções, muitas delas indicando inclusive a área de atuação da empresa, como por exemplo “.adv” para profissionais do Direito.

Registre o domínio

Escolhidos o nome e a terminação, a próxima etapa será efetuar o registro do domínio em um dos sites que oferecem esse serviço.

Os mais conhecidos são: Registro.br, Hostinger e HostGator. O custo pode variar de acordo a terminação escolhida, mas normalmente não ultrapassa o valor de R$ 50 por ano. Fique tranquilo, o cadastro é super simples de fazer, sendo necessário informar algumas documentações e também o endereço e telefone para contato, simples assim!

Quem é o dono do registro?

O registro fica atrelado ao CNPJ da empresa ou ao CPF de quem fez o processo, que deverá também cadastrar um e-mail e uma senha.
Só quem possuir esses dados de acesso poderá realizar modificações relacionadas à hospedagem, servidores de e-mail e demais serviços que necessitarem do acesso ao DNS (Domain Name System).

Caso alguém faça esse cadastro por você, fique atento e solicite os dados de acesso para armazenamento (você pode precisar futuramente e, acredite, muitos empresários não possuem esses dados por falta de conhecimento da importância dessas informações).

Registrei o domínio, já tenho um site?

Ainda não, para colocar o seu site no ar você vai precisar contratar um servidor de hospedagem.

Parece complicado, mas essa é uma tarefa bem tranquila de ser realizada e para te ajudar nós preparamos um tutorial com as funções e orientações de como contratar um servidor de hospedagem.

A “última parte”, mas não menos importante, claro: contratar um profissional especializado para desenvolver o seu site e todo conteúdo que será agregado ao material. Boa sorte!

Sabemos que nos dias de hoje é fundamental para todas as empresas estarem representadas na internet e se você tem a intenção de criar um site para o seu negócio, mas não sabe direito por onde começar, este texto pode te ajudar.

O primeiro passo para criar um site é escolher qual será o “nome” dele, que neste caso chamamos de “domínio”.

Em geral é possível utilizar o nome fantasia da empresa, mas é interessante preparar uma lista com algumas opções, caso o nome da empresa não esteja disponível para registro.

Escolha a terminação do endereço do site

Depois de realizar uma pesquisa para saber se o domínio está disponível, devemos escolher a terminação do endereço do site.

Pode ser “.br”, “.com”, “.org” ou diversas outras opções, muitas delas indicando inclusive a área de atuação da empresa, como por exemplo “.adv” para profissionais do Direito.

Registre o domínio

Escolhidos o nome e a terminação, a próxima etapa será efetuar o registro do domínio em um dos sites que oferecem esse serviço.

Os mais conhecidos são: Registro.br, Hostinger e HostGator. O custo pode variar de acordo a terminação escolhida, mas normalmente não ultrapassa o valor de R$ 50 por ano. Fique tranquilo, o cadastro é super simples de fazer, sendo necessário informar algumas documentações e também o endereço e telefone para contato, simples assim!

Quem é o dono do registro?

O registro fica atrelado ao CNPJ da empresa ou ao CPF de quem fez o processo, que deverá também cadastrar um e-mail e uma senha.
Só quem possuir esses dados de acesso poderá realizar modificações relacionadas à hospedagem, servidores de e-mail e demais serviços que necessitarem do acesso ao DNS (Domain Name System).

Caso alguém faça esse cadastro por você, fique atento e solicite os dados de acesso para armazenamento (você pode precisar futuramente e, acredite, muitos empresários não possuem esses dados por falta de conhecimento da importância dessas informações).

Registrei o domínio, já tenho um site?

Ainda não, para colocar o seu site no ar você vai precisar contratar um servidor de hospedagem.

Parece complicado, mas essa é uma tarefa bem tranquila de ser realizada e para te ajudar nós preparamos um tutorial com as funções e orientações de como contratar um servidor de hospedagem.

A “última parte”, mas não menos importante, claro: contratar um profissional especializado para desenvolver o seu site e todo conteúdo que será agregado ao material. Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *