Marketing para advogados: entenda as orientações e restrições

Marketing para advogados: entenda as orientações e restrições

Quando falamos em gestão de comunicação e marketing para uma empresa ou para um profissional, precisamos estar atentos para que a produção de conteúdo seja condizente com as áreas de atuação deles. No caso do marketing para advogados, essa preocupação deve ser redobrada, porque toda a comunicação dos profissionais de Direito precisa obedecer a algumas orientações e restrições estabelecidas pela OAB.

Marketing para advogados: orientações da OAB para redes sociais

As orientações da OAB para as ações de marketing jurídico foram publicadas no Provimento Nº 94/2000 da entidade, que estabelece que não é permitido aos advogados:

– Fazer menções a clientes;
– Realizar referência a qualquer cargo, função pública ou relação de emprego;
– Empregar frases ou expressões persuasivas;
– Divulgar valores dos serviços;
– Prometer resultados.

As restrições da OAB existem para que os advogados e escritórios de advocacia consigam criar relacionamento com os clientes por meio da publicação de conteúdo, mas sem que seja realizada a propaganda dos serviços oferecidos.

Marketing para advogados: publicidade informativa

Devido a essas restrições, os conteúdos para redes sociais e outras ações de marketing para advogados devem ser baseados no conceito de publicidade informativa, que é estabelecido pela OAB como “dados objetivos e verdadeiros a respeito dos serviços de advocacia que se propõe a prestar”.

Desta forma, o marketing para advogados pode ser realizado publicando-se:

– Endereço do escritório, telefones e endereços eletrônicos;
– As áreas ou matérias jurídicas de exercício preferencial;
– Informações objetivas – com moderação.

Marketing digital para advogados

Os advogados não podem realizar ações de marketing em veículos de comunicação de massa como a televisão e o rádio, no entanto, podem utilizar a internet para colocar algumas estratégias de publicidade informativa em prática.

Além das redes sociais e de textos informativos publicados em blogs, é recomendado o envio de e-mail marketing para colegas, clientes ou a pessoas que os solicitem previamente.

Conte com especialistas em marketing para advogados para cuidar com cautela da sua empresa

Como você deve ter percebido, as orientações da OAB para a realização de ações de marketing para advogados são bastante específicas, por isso é importante contar com profissionais que tenham experiência na área para executar os serviços de divulgação do seu escritório.

Há 10 anos no mercado, a Recriativi – agência de marketing e comunicação – já atendeu diversos clientes na área jurídica e possui know how para realizar a gestão integrada do seu negócio. Conheça nosso portfólio acessando a área de cases do site da Recriativi.

Quando falamos em gestão de comunicação e marketing para uma empresa ou para um profissional, precisamos estar atentos para que a produção de conteúdo seja condizente com as áreas de atuação deles. No caso do marketing para advogados, essa preocupação deve ser redobrada, porque toda a comunicação dos profissionais de Direito precisa obedecer a algumas orientações e restrições estabelecidas pela OAB.

Marketing para advogados: orientações da OAB para redes sociais

As orientações da OAB para as ações de marketing jurídico foram publicadas no Provimento Nº 94/2000 da entidade, que estabelece que não é permitido aos advogados:

– Fazer menções a clientes;
– Realizar referência a qualquer cargo, função pública ou relação de emprego;
– Empregar frases ou expressões persuasivas;
– Divulgar valores dos serviços;
– Prometer resultados.

As restrições da OAB existem para que os advogados e escritórios de advocacia consigam criar relacionamento com os clientes por meio da publicação de conteúdo, mas sem que seja realizada a propaganda dos serviços oferecidos.

Marketing para advogados: publicidade informativa

Devido a essas restrições, os conteúdos para redes sociais e outras ações de marketing para advogados devem ser baseados no conceito de publicidade informativa, que é estabelecido pela OAB como “dados objetivos e verdadeiros a respeito dos serviços de advocacia que se propõe a prestar”.

Desta forma, o marketing para advogados pode ser realizado publicando-se:

– Endereço do escritório, telefones e endereços eletrônicos;
– As áreas ou matérias jurídicas de exercício preferencial;
– Informações objetivas – com moderação.

Marketing digital para advogados

Os advogados não podem realizar ações de marketing em veículos de comunicação de massa como a televisão e o rádio, no entanto, podem utilizar a internet para colocar algumas estratégias de publicidade informativa em prática.

Além das redes sociais e de textos informativos publicados em blogs, é recomendado o envio de e-mail marketing para colegas, clientes ou a pessoas que os solicitem previamente.

Conte com especialistas em marketing para advogados para cuidar com cautela da sua empresa

Como você deve ter percebido, as orientações da OAB para a realização de ações de marketing para advogados são bastante específicas, por isso é importante contar com profissionais que tenham experiência na área para executar os serviços de divulgação do seu escritório.

Há 10 anos no mercado, a Recriativi – agência de marketing e comunicação – já atendeu diversos clientes na área jurídica e possui know how para realizar a gestão integrada do seu negócio. Conheça nosso portfólio acessando a área de cases do site da Recriativi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *